SÉRIE DE ENTREVISTAS COM AS PERSONAGENS DA INTENDENTE

Nome: MÁRCIO MOURA

Cargo: COREÓGRAFO DA COMISSÃO DE FRENTE

Agremiação: G. R. E. S. TRADIÇÃO

Grupo: Série B da LIESB

1. Como você descobriu a dança e o teatro?

Márcio Moura: Faço parte de uma cia de teatro físico há 25 anos chamada Etcetal (www.etcetal.com). Arte faz parte da minha vida desde sempre. A dança surgiu no encontro com o Centro de Artes Nós da Dança. E esse encontro de leituras me fez o artista que sou.

2. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval?

Márcio Moura: Comecei como integrante de comissão de frente na Unidos do Viradouro em 2000. A seleção foi feita por Joãozinho 30. Orgulho demais. A partir daí não parei mais. São 17 anos de avenida. Como integrante estive na Viradouro e no Império Serrano. Como coreógrafo estive na Caprichosos de Pilares, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos de Vila Isabel, São Clemente, Acadêmicos da Rocinha, Unidos do Porto da Pedra, Portela. Atualmente estou na Estácio de Sá. Na Intendente já defendi o Arranco do Engenho de Dentro, Acadêmicos da Abolição, União de Jacarepaguá e atualmente estou na Tradição.

3. Qual é a diferença de coreografar uma Comissão de Frente na Marquês de Sapucaí e na Intendente?

Márcio Moura: O espaço de apresentação é a maior diferença, além da baixa subvenção para as escolas. Mas a entrega para a criação coreográfica é a mesma. Tenho essa preocupação em todos os meus trabalhos independente de onde serão apresentados.

4. Como surgiu este amor pela comissão de frente?

Márcio Moura: Na Viradouro. Lá aprendi o orgulho de defender o quesito. E levo esse orgulho comigo. Hoje os bailarinos não têm o mesmo envolvimento com a agremiação como na minha época. É tudo muito profissional. Isso me entristece um pouco.

5. Fale-nos do enredo da escola para 2017 e o que a Comissão de Frente da Tradição vai apresentar na avenida?

Márcio Moura: O Leandro Valente tem o dom de apresentar lindos enredos autorais. Foi assim na Porto da Pedra e é assim na Tradição. O LAGO DOS CISNES é uma história universal e só faltava ser apresentada como enredo. A comissão dará o pontapé inicial pra contar esta trágica história de amor. No mais… Só na hora mesmo.

6 – Quem integra a sua Comissão e como estão os seus ensaios?

Márcio Moura: Bailarinos que já trabalham comigo na Marquês. Trabalho com incríveis profissionais sempre. Estamos ensaiando bastante. Mas com um grupo bom os ensaios são melhor aproveitados.

7. Quais são as expectativas da agremiação para este carnaval?

Márcio Moura: As melhores possíveis. A Rafaela trouxe um novo ar pra escola. O carnaval está grandioso.

8. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Márcio Moura: O carnaval cresce a cada ano. Mas o melhor da Intendente é o caráter popular da festa. A passarela do povo lotada é fundamental para que nosso trabalho tenha graça. Então esperamos vcs!!!

Muito obrigado Márcio Moura pela participação e ótimo Carnaval!

Anúncios